Memória da Música

> Banco de Dados - História e música na universidade

Intento sensu et vigilanti mente: esboço de uma problemática histórica do som no Ocidente medieval

Tipo de documento:
Dissertação de mestrado

Autor:
Eduardo Henrik Aubert

Orientador:
Hilário Franco Junior

Local:
USP - FFLCH

Data:
2007

Publicação - Livros / Artigos

Palavras-chave:
Idade Média; Som; Semântica; Liturgia latina; Ocidente Medieval

Resumo:
Resumo: Texto em formato digital: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/8/8138/tde-05112007-131937/

O presente trabalho se propõe a esboçar um referencial histórico e teórico para o estudo do som nas sociedades do Ocidente medieval. O som é entendido aqui como uma "forma semantizada" e, ao mesmo tempo, um "conteúdo enformado", perspectiva que busca pôr em relevo a dialética entre objetivo e subjetivo (que, concretamente existem apenas como processos relacionados de objetivação do subjetivo e subjetivação do objetivo), dialética inerente à existência social de qualquer "objeto" e da própria sociedade. A dissertação se compõe de três partes: (1) na primeira parte, enfocamos privilegiadamente a semantização da forma sonora, buscando desvendar as transformações históricas nas modalidades de circunscrição do som pelo pensamento; (2) na segunda parte, tomamos, dialeticamente, a direção contrária e privilegiamos o exame da enformação sonora do conteúdo, investigando mais especificamente a evolução da forma sonora da liturgia latina; (3) por fim, na terceira parte, propomos um estudo de caso que busca apreender, na temporalidade de sua efetivação, a dinâmica entre os processos de semantização da forma sonora e de enformação sonora do conteúdo.

apoios

2014 © Entre a Memória e a História da Música.