Memória da Música

> Banco de Dados - História e música na universidade

‘O povo é tudo!’: uma análise da carreira e da obra da cantora Clara Nunes

Tipo de documento:
Artigo

Autor:
Silvia Maria Jardim Brügger

Orientador:
-

Local:
Uberlândia

Data:
2008

Publicação - Livros / Artigos

Descritivo:
ArtCultura, v. 10, n.17, p. 191-204. Julho-Dezembro de 2008.

Editora:
EDUFU

Palavras-chave:
Décadas de 1960, 1970 e 1980; Regime Militar; Clara Nunes; Tradição Familiar; Indústria cultural

Resumo:
Artigo em formato digital:
http://www.artcultura.inhis.ufu.br/PDF17/S_Brugger_17.pdf

Clara Nunes, mineira de Paraopeba, construiu sua carreira, entre as décadas de 1960 e 1980, em um contexto marcado, no Brasil, pelo regime militar, pela afirmação da indústria cultural, pelo crescimento do movimento negro e, na música, pela eclosão e/ou expansão de diversos gêneros/movimentos, como a bossa-nova, o iê-iê-iê, a música engajada e o tropicalismo. Neste artigo, procuro analisar como a cantora construiu uma trajetória que pretendia uma identificação com a cultura popular brasileira, o que passou pelo direcionamento de sua carreira, a partir de 1971, e por um processo de reapropriação de sua própria tradição familiar. Mostro como essa proposta
essencialmente política assumiu em Clara um sentido de missão religiosa.

apoios

2014 © Entre a Memória e a História da Música.