Memória da Música

> Banco de Dados - História e música na universidade

A paisagem sonora de Vila Rica e a música barroca das Minas Gerais (1711-1822)

Tipo de documento:
Tese de Doutorado

Autor:
Fabio Henrique Viana

Orientador:
Adalgisa Arantes Campos

Local:
UFMG - UFCH

Data:
2010

Publicação - Livros / Artigos

Palavras-chave:
1711 - 1822; Música Colonial; Práticas Musicais; Barroco Mineiro; Minas Gerais

Resumo:
O objetivo deste trabalho é tentar conhecer a paisagem sonora de Vila Rica, no século XVIII, e a comparar com a música ali escrita. Partindo da ideia do compositor canadense R. Murray Schafer (2001), que considera a música como o melhor registro permanente de sons do passado, constituindo-se como uma espécie de paisagem sonora ideal que recria na imaginação algo semelhante ao que se verifica na paisagem sonora da época em que foi escrita, pretende-se ver em que medida a música composta em Vila Rica, no século XVIII, idealiza a paisagem sonora da qual faz parte. Nos dois primeiros capítulos são descritos os sons ouvidos nos espaços públicos de Vila Rica e o calendário cultual da freguesia do Pilar, o qual é tomado como parâmetro de marcação do tempo na Vila. Nos dois últimos capítulos, a paisagem sonora de Vila Rica é analisada e comparada com duas peças musicais contemporâneas.

apoios

2014 © Entre a Memória e a História da Música.