Memória da Música

> Banco de Dados - História e música na universidade

Desde que o samba é samba: a questão das origens no debate historiográfico sobre a música popular brasileira.

Tipo de documento:
Artigo

Autor:
Marcos Napolitano; Maria Clara Wasserman

Orientador:
-

Local:
São Paulo

Data:
2000

Publicação - Livros / Artigos

Descritivo:
Revista brasileira de História. 2000, vol. 20, no. 39, pp. 167-189. ISSN 0102-0188.

Editora:
Marco Zero

Palavras-chave:
Século XX; Música Popular Brasileira; Samba; Origem da Música Popular Brasileira; Debate Historiográfico

Resumo:
Artigo em formato digital:
http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-01882000000100007&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt

Este artigo, na linha de um ensaio bibliográfico, procura sistematizar o debate historiográfico e para-historiográfico que tem por objeto a discussão sobreas "origens da música popular brasileira". Neste sentido, procuramos examinar, criticamente, as bases argumentativas e as principais conclusões de duas tendências básicas: a) a tendência historiográfica que trabalha com o paradigma das origens como um lugar , situado no tempo e no espaço, a ser determinado pela pesquisa histórica; b) a tendência, mais atuante a partir do meio acadêmico, que coloca sob suspeita a própria questão das origens, com um lugar determinável, procurando analisar historicamente a dinâmica social e ideológica que os discursos de origem podem revelar.

apoios

2014 © Entre a Memória e a História da Música.