Memória da Música

História e Música no Brasil

 

 

ÁUDIO

 
 
Capítulo I – Música na América portuguesa
1. Matais de incêndios. Anônimo (primeira metade do século VIII
 História da Música Brasileira: Período Colonial I. Vox Brasiliensis, Regência de Ricardo Kanji.
 Eldorado, CD , SP, 1998.
2. Missa abreviada em Ré. Manoel Dias de Oliveira. Kyrie (segunda metade do século XVIII)
Coral de Câmara São Paulo e Orquestra Engenho Barroco. Regência Naomi Munakata.
Fundação Cultural e Educacional da Arquidiocese de Mariana/Bureau Cultura,l CD, , 1991.
+ Idem. Gloria
+ Idem. Domine Deus
+ Idem. Qui tollis
+ Idem. Quoniam
+ Idem. Cum Sancto Spiritu
 
Capítulo II - Aspectos da música no Brasil na 1ª metade do século XIX
3. Missa em mi bemol. Padre José Maurício Nunes Garcia (1800/1810).
Coral de Câmara São Paulo e Orquestra Engenho Barroco. Regência Naomi Munakata
Fundação Cultural e Educacional da Arquidiocese de Mariana/Bureau Cultural, CD,  1991
4. Lundu. Anônimo (recolhido por Spix e Martius em 1815)
História da Música Brasileira: Período Colonial II. Vox Brasiliensis. Regência de Ricardo Kanji.
Eldorado, CD, SP. 1998.
 
 
Capítulo III - Batuque: mediadores culturais do final do século XIX
5. Batuque. Henrique Alves Mesquita (cerca de 1870)
Victor 99.716. Banda do Corpo de Bombeiros. 1910.
6. Batuque. Ernesto Nazareth (1913)
Sempre Nazareth. Kuarup Discos. Maria Tereza Madeira e Pedro Amorim. Rio de Janeiro. 1997. 
 
 Capítulo IV - Imagens da escuta: traduções sonoras de Pixinguinha
7. Chegou a hora da fogueira. Lamartine Babo
Victor 33671-A. Diabos do Céu, Carmen Miranda e Mário Reis. 1933.
8. Gavião calçudo. Pixinguinha e Cícero de Almeida.
Parlophon 12916-A. Patrício Teixeira e Orquestra Típica Pixinguinha-Donga. 1929.
 
 Capítulo V - Entre a memória e a história da música popular
9. Curiosidades musicais. Almirante.
 Rádio Nacional. Programa Cantigas dos capoeiras da Bahia. Coleção Assim era o rádio, Collector's Studios Ltda, RJ.
20/06/1938
10. O pessoal da velha guarda. Almirante.
 Rádio Tamoio e Tupi. Coleção Assim era o rádio, Collector's Studios Ltda, RJ.
08/10/1947
 
 Capítulo VI - Samba exaltação. Fantasia de um Brasil brasileiro
11. Quem dá mais? (ou Leilão do Brasil). Noel Rosa.
Odeon, 10.931-A. Noel Rosa com Orquestra Copacabana. 1932.
12. Brasil, usina do mundo. João de Barro e Alcir P. Vermelho.
Columbia 55.374-A. Déo e conjunto. 1942.
 
 Capítulo VII - Vitrola paulistana pelos olhos e ouvidos de um basbaque-andarilho
13. Mamãe me leva. Nabor Pires Camargo e Dieno Castanho.
Imperador, nº 1041. Arthur Castro. 1926.
14. Em ti pensando. José Rizzo.
Arte-fone nº 4017-A. Alberto Marino. 1931/1932.
 
Capítulo VIII - Na trilha das grandes orquestras. ABC da cidade moderna: Aviões, Bailes e Cinema
15. Sempre no meu Coração (Always in my heart). Ernesto Leucuona e Kin Ganon.
Odeon. Orlando Silva. 1943.
16. Poeira de estrelas. (Star Dust) – H. Carmichael e M. Parish.
Continental. Orquestra Tabajara de Severino Araujo. 1946.

 

apoios

2014 © Entre a Memória e a História da Música.