Memória da Música

A escuta singular de Pixinguinha

 

Boa parte dos fonogramas analisados no livro A escuta singular de Pixinguinha: história e música popular nos anos 1920 e 1930 pertence ao acervo de discos de 78 rotações do Instituto Moreira Salles (IMS). Aqui você poderá acessá-los e ouvi-los, na ordem em que aparecem no livro. Todos os fonogramas são protegidos pela lei dos direitos autorais, sendo vedada sua reprodução. 

 

ÁUDIO

1. Urubu (samba de Pixinguinha)

Oito Batutas

Victor 73.826-A, 1919

 

2. Um a Zero (choro de Pixinguinha e Benedito Lacerda)

Pixinguinha e Benedito Lacerda.

Victor, 80.0442-A, 1946.

 

3. Excerto musical de Um a Zero

 

4. Excerto musical de Um a Zero 

 

5. Olha o Poste! (tango de Octávio Dutra)

Terror dos facões

Odeon 120.727, 1913
 

6. Excerto musical de Olha o Poste!

 

7. Sofres porque queres (polca de Pixinguinha)

Choro Pixinguinha

Odeon 121.364, 1919

 
 

8. Coco Dendê (coco de João Pernambuco)

Elsie Houston.

Columbia 7050, 1930.

 

9. Caruru (samba de João Thomaz e Donga)

Oito Batutas

Victor 73.827B, 1923

 

10. Promessa (samba de Pixinguinha)

Benício Barbosa e Orquestra Típica Pixinguinha-Donga

Parlophon 12865-A, 1928 

 

11. Você pensa que eu não vi (marcha de Hervé Cordovil e Roberto Martins)

Luiz Barbosa e Diabos do Céu

Victor 34029B, 1936

 

12. Excerto musical Você pensa que eu não vi

 

13. Chegou a Hora da Fogueira (marcha junina de Lamartine Babo)

Diabos do Céu, Carmen Miranda e Mário Reis

Victor 33671-A, 1933

 

14. Tão grande, tão bobo (marcha de Hervé Cordovil)

Carmen Miranda e Orquestra Victor Brasileira

Victor 33721-A, 1933

 

15. Deve ser o meu amor (batucada de Ary Barroso)

Sônia Carvalho e Diabos do Céu

Victor 34022-B, 1936

Errata: a figura 31 (p. 210), relativa a esta gravação, foi trocada. Para visualizar a figura correta, clique aqui.

 

16. Inconstitucionalissimamente (marcha de Assis Valente)

Carmen Miranda e Orquestra Victor Brasileira

Victor 33721-A, 1933

 

17. Lamento (choro de Pixinguinha)

Orquestra Típica Pixinguinha-Donga

Parlophon 12867-A, 1928

 

18. Excerto musical de Lamento

 

19. Gavião calçudo (samba de Pixinguinha e Cícero de Almeida)

Patrício Teixeira e Orquestra Típica Pixinguinha-Donga

Parlophon 12916-A, 1929

 
 

20. Excerto Musical de Gavião Calçudo

 

21. De Papo pro ar (cateretê de Joubert de Carvalho e Olegário Mariano)

Gastão Formenti e Orquestra Típica Victor

Victor 33469-A, 1931

 

22. Ninguém fura o balão (marcha junina de Alcebíades Barcellos e Armando Marçal)

Almirante e Diabos do Céu

Victor 33787-A, 1934

 

23. El Manicero (rumba de Moises Simon)

Roberto Inglez e Orquestra

Odeon 8023 (s/d)

 

24. Não há ó gente ó não (marcha de Antônio de Almeida, Cristóvão de Alencar)

Orlando Silva e Diabos do Céu.

Victor 34136-B, 1937.

 

25. Excerto musical de Chegou a hora da fogueira

 

26. Trem azul (marcha de João de Barro)

Almirante e Diabos do Céu

Victor 33743-A, 1934

 

27. Cena Caipira (toada de Eduardo Souto)

Francisco Alves e Oquestra Copacabana

Odeon 10769-A, 1931

 

28. Cena Carioca (samba de João de Barro)

Francisco Alves e Oquestra Copacabana

Odoen 10800-A, 1930

 

29. Excerto musical de El Manicero

 

30. Para mim perdeste o valor (samba de Francisco Alves)

Francisco Alves e Orquestra Pan American

Odeon 10441-B, 1929

 

31. Se você jurar (samba de Ismael Silva, Francisco Alves e Nilton Bastos)

Francisco Alves, Mário Reis e Orquestra Copacabana

Odeon 10747-B, 1930/1

 

32. Mulato bamba (samba de Noel Rosa)

Mário Reis e Orquestra Copacabana

Odeon 10928-B, 1932

 

33. Será você (samba de Carlos Medina)

Carmen Miranda e Orquestra Victor Brasileira

Victor 33323-A, 1930
 

34. Tenho um novo amor (samba de Cartola e Noel Rosa)

Carmen Miranda e Guarda Velha

Victor 33575-B, 1932

 

35. Saudade da mocidade (samba de André Filho)

Silvio Caldas e Diabos do Céu

Victor 33755-B, 1934

 

36. Eu fiz um samba (samba de Paulinho)

Silvio Caldas e Diabos do Céu

Victor 33722-B, 1933

 

37. Não há de que (samba de Alcebíades Barcelos e Alberto Ribeiro)

Carlos Galhardo e Diabos do Céu

Victor 34121-B, 1936

 

38. Uma jura que eu fiz (samba de Francisco Alves, Ismael Silva e Noel Rosa)

Mário Reis e Orquestra Copacabana

Odeon 10928-A, 1932

 

39. Não faz mal amor (samba de Cartola)

Francisco Alves e Orquestra Copacabana

Odeon 10927-A, 1932

 

40. Carinhoso (samba estilizado de Pixinguinha e João de Barro)

Orlando Silva e Conjunto Regional Victor

Victor 34181-A, 1937

 

41. Carinhoso (choro de Pixinguinha)

Orquestra Victor Brasileira

Victor 33209-B, 1929

 

42. Lábios que beijei (valsa de J. Cascata)

Orlando Silva e Orquestra

Victor 34157-B, 1937

 

43. Cabuloso (choro de Radamés Gnattali)

Trio Carioca

Victor 34134-B, 1937

Errata: nessa gravação, Luiz Americano (que era também saxofonista) toca clarinete, e não saxofone.

  

 

44. Excerto musical de Cabuloso (clarinete)

 

45. Excerto musical de Cabuloso (ritmo “swingado”)

 

46. Recordando (choro de Radamés Gnattali)

Trio Carioca

Victor 34134-A, 1937

 

47. É bom parar (samba), Rubens Soares.

Francisco Alves e Diabos do Céu.

Victor 34038-B, 1936.

 

48. É bom parar (samba de Rubens Soares)

Nuno Roland, Simão Bountman e sua Orquestra do Cassino Copacabana

Victor 34837-B, 1941

 

49. Excerto musical de É bom parar (riff).

 

50. Silêncio de um minuto (samba de Noel Rosa)

Marília Batista e Orquestra

Victor 34604-B, 1940

 

51. Silêncio de um minuto (samba de Noel Rosa)

Aracy de Almeida e Orquestra Radamés

Continental 16391-B, 1951

 

 

52. Luar de Paquetá (marcha-rancho de Freire Junior e Hermes Fontes)

Déo e Dircinha Batista

Continental 15105-A, 1943

Errata: a figura 61 (p. 278), relativa a esta gravação, foi trocada. Para visualizar a figura correta, clique aqui.

 

53. Marreco quer água (polca de Pixinguinha, arranjo de Pixinguinha)

Orquestra da Velha Guarda, sob regência de Pixinguinha

Programa O pessoal da Velha Guarda, Collector’s, 1947

 

54. Marreco quer água (polca de Pixinguinha, arranho de Radamés Gnattali)

Orquestra da Rádio Nacional, sob regência de Radamés Gnattali

Programa Quando canta o Brasil, Collector’s, 1957

Boa parte dos fonogramas analisados no livro Um bocadinho de cada coisa: a escuta singular de Pixinguinhapertence ao acervo de discos de 78 rotações do Instituto Moreira Salles (IMS). Aqui você poderá acessá-los e ouvi-los, na ordem em que aparecem no livro. Todos os fonogramas são protegidos pela lei dos direitos autorais, sendo vedada sua reprodução.

​ 

apoios

2014 © Entre a Memória e a História da Música.