Memória da Música

Criar um mundo do nada. Uma invenção da história da música popular no Brasil.

 

 

ROTEIRO de ESCUTAS (em atualização)

 

Pequeno prelúdio explicativo 

(Página 7) 
Dança do ganso.
Haroldo Lobo e Milton Oliveira. Gravadora:Columbia. Catálogo: 55.207-a.Intérprete: Nilton Paz.1940.

 

Capítulo 1. Um lado: Escutar a Nação

(Página 20)
Viagem pelo Brasil. LP. Anna Maria Kieffer (organizadora). 1990.

14 Melodias indigenas. Recolhidas por Martius 1817-20.

Lundu Anonimo. Recolhido por Martius 1817-20.

Acasos são esses. Recolhidas por Martius 1817-20.

Perdi o Rafeiro. Recolhidas por Martius 1817-20.

Prazer igual ao que sinto. Recolhidas por Martius 1817-20.

Escuta formosa Marcia Recolhidas por Martius 1817-20.

No regaço da ventura. Recolhidas por Martius 1817-20.

Uma mulata bonita. Recolhidas por Martius 1817-20.

Vais-te Josino. Recolhidas por Martius 1817-20.

 

(Página 23) 
Gravações em cilindros do Brasil (1911-1913). Theodor Koch-Grünberg. (Série documentos históricosBerlim: Berliner, Phonogramm-Archiv). 2006.

Canto Tukano rio Tiquie.

Parischerá of the Taulipáng.

Kasiahanu of the Yekuaná- Majonggóng.

Azimaye of the Yekuaná- Majonggóng.

Parischerá of the Makuschí and the Wapischaná.

 

(Página 24) 
Rondônia 1912. Gravações históricas de Roquette-Pinto. Museu Nacional/Laced. (Coleção documentos sonoros). 2008.

Parecis.

Rondonia 1912

Nhambiquaras

Canto Nhambiquara

Grito de Parecis e cancao de ninar

Flauta Parecis

Canto Pareci

Canto jocoso Pareci

Fonograma do Grito dos Parecis. Rondonia 1912

 

(Página 33)
Propaganda do Estenógrafo de Edson. Edison advertising "the stenographers friend". 1910.

 

 

Capítulo 2. O Canto jocoso Pareciutro lado: escutar o cotidiano

(Página 42)
Dores d’Alma. Quincas Laranjeira (Joaquim Francisco dos Santos). Intérprete Luís Carlos Barbieri. 2015.

Prelúdio 1. Mi menor. Villa Lobos. Obras completas de Villa Lobos, Kuarup Disco. LP. Intérpretes Sérgio e Odair Assad. 1978.

 

(Página 60)
Pelo Telefone. Donga e Mauro de Oliveira. Casa Edison do Rio de Janeiro Catálogo: 121.322. Inérprete Bahiano e Coro. Janeiro de 1917.

Dentro dos Jurunas os Contrários não entram. Anônimo. Recolhido pela Missão de Pesquisas Folclóricas. Belém do Pará. 1938

 

 

Capítulo 3. A mais alta patente

(Página 67)
Todos os registros existentes das séries realizadas por Almirante podem ser escutados no banco de dados Almirante, “a mais alta patente do rádio”

 

 

Capítulo 4. Eu vivi e vi

(Página 105) 
O maxixe. Série as muitas histórias da música popular brasileira. TV Cultura.

Maxixe, a dança perdida. Documentário. Direção Alex Viany. 1980.

 

(Página 108)
Escrita e historiografia da música brasileira.

 

 

Capítulo 5. Ovos quentes com Noel e xixi no jardim do Jacob

(Página 113)
Globo News Literatura. Canal Globo News. Entrevista com Sérgio Augusto. 2014.

 

 

Capítulo 6. A dança do ganso

(Página 129)
Dança do ganso. Haroldo Lobo e Milton Oliveira. Gravadora:Columbia. Catálogo: 55.207-a.Intérprete: Nilton Paz.1940.

 

(Página 130)
Depoimento de Edigar de Alencar. Museu Fonográfico do Ceará. 25/4/1972.

Entrevista com Edigar Alencar. Fortaleza. 29/11/1974

 

 

Capítulo 8. Da memória à história e vice-versa 

(Página 184)
Entre Amigos. Programa TVE do Rio de Janeiro. 1984.

Entrevistas com Pedro Paulo Poppovic, Miguel Ângelo Nirez, Jairo Severiano, Paulo César Soares

 

apoios

2014 © Entre a Memória e a História da Música.